mergulhão solitário desliza em lago

Uma asa e uma oração

Andreas Hemb

De manhã cedo, no condado de Södermanland, na Suécia, a população de mergulhões-de-crista e mergulhões-de-pescoço-castanho recém-chegados começa o dia, banhando-se nos lagos do sul, sob a luz pastel da madrugada. A luz é bela, mas esta é uma manhã gelada de abril. Os mergulhões não se importam, mas as temperaturas dificultam a vida ao fotógrafo profissional de vida selvagem Andreas Hemb. Agachado junto à água, "posso ter de esperar uma hora nesta época do ano", diz a sorrir, "mas vale a pena. Chegam em março, procuram um bom ninho e protegem-no contra os inimigos, fazem a corte e criam as crias até ficarem suficientemente fortes para migrarem em setembro ou outubro. Este ano, quero documentar o ciclo completo."

mergulhão com peixe na boca

© Andreas Hemb | Sony α1 + FE 400mm f/2.8 GM OSS + 1.4x Teleconverter | 1/1000s @ f/4.0, ISO 800

Como com tantos objetos fotográficos, o hábito de madrugar permite obter os melhores resultados. O mesmo acontece com Andreas e na água, isso é ainda mais evidente, com todos os reflexos de cores matinais que produzem uma variedade visual. "As rápidas mudanças de luz significam que captamos diferentes atmosferas, por vezes, com diferenças de minutos", explica, "desde o brilho pré-matinal a uma contraluz suave. Até a luz direta é bela se a captarmos suficientemente cedo. Ainda mais importante, de manhã bem cedo, as aves são mais ativas, por isso, há mais interações."

2 mergulhões a tocarem os bicos

© Andreas Hemb | Sony α1 + FE 400mm f/2.8 GM OSS + 1.4x Teleconverter | 1/1000s @ f/5.0, ISO 400

Para Andreas, a mais recente câmara Sony Alpha, a Alpha 1, é uma câmara que o ajuda a aproveitar as boas oportunidades. "A forma como combina as melhores características das câmaras Sony é uma enorme vantagem", explica Andreas. "Oferece-nos uma captação sem blackout, velocidade de focagem e elevada resolução, uma combinação muito útil que compensa o sacrifício de esperar na água fria."

Aproveitando o desempenho AF lendário da série Alpha 9, o modo de seguimento de olhos da ave da Alpha 1 é uma clara vantagem para Andreas.

"Enquanto fotógrafo, apenas tenho de manter a ave no enquadramento e estar preparado para o que acontecer. O seguimento deteta o olho ou a cabeça e fixa-os. É impressionante quando consideramos que estes animais podem rodar, chapinhar na água ou ficarem obscurecidos por uma onda. Nunca se distrai."
2 mergulhões lutam na água

© Andreas Hemb | Sony α1 + FE 400mm f/2.8 GM OSS + 1.4x Teleconverter | 1/1000s @ f/5.0, ISO 200

Com tantas espécies de aves diferentes, será que se preocupa que funcione com certos objetos e não com outros? "Não", sorri Andreas, "porque mesmo que os olhos sejam difíceis de fixar, por algum motivo, se as condições forem difíceis, como com pouca luz ou retroiluminação, sei que detetará a cabeça e que fará o seguimento. Já tentei com mergulhões, cisnes, patos e muitas outras espécies e, até agora, nunca falhou."

Outra nova funcionalidade que tem aproveitado ao máximo é o Modo Burst de 30 fps da Alpha 1. "Embora fotografasse normalmente em modo contínuo, os 10 fps extra fazem uma grande diferença na minha fotografia de comportamento animal", afirma. "Se a ave estiver a correr ou a voar, não fará grande diferença, mas estes mergulhões empurram-se uns aos outros para debaixo de água quando lutam e consegui captar o momento exato em que os olhos vão submergir, o que seria muito mais difícil a 20 fps. Estes momentos são especiais. O mesmo acontece com o EVF de 240 fps, que oferece uma imagem mais suave e natural de objetos em movimento rápido, facilitando o seguimento."

mergulhão a voar baixo sobre um lago

© Andreas Hemb | Sony α1 + FE 400mm f/2.8 GM OSS + 1.4x Teleconverter | 1/1000s @ f/4.0, ISO 320

Quando o tempo aquece nos lagos de Södermanland em junho e julho, a água fica mais confortável e Andreas pode passar mais tempo a fotografar, mas sabe que as oportunidades para captar a peregrinagem anual dos mergulhões estão a chegar ao fim. "Em breve, regressam ao sul da Europa ou mais longe, por isso, no tempo que resta, tentarei obter a maior variedade possível de imagens. Retratos, imagens de ação e cenas mais amplas que mostrem o seu ambiente. Num projeto como este, as imagens devem ter textura."

mergulhão prepara-se para levantar voo

© Andreas Hemb | Sony α1 + FE 400mm f/2.8 GM OSS + 1.4x Teleconverter | 1/1000s @ f/4.0, ISO 800

Há alguma hipótese de Andreas "migrar" também? "Não, continuarei fiel à Sony", ri-se. "Foram estas câmaras que me ajudaram a captar as minhas imagens favoritas. Imagens que documentam comportamentos, explosões de atividade de um ou dois segundos durante a corte, o combate ou quando alimentam as crias, e que definem a espécie e o fotógrafo. Após todo o esforço para assistir a estes instantes, não poderia perder a oportunidade de os fotografar e, com a Alpha 1, nunca perco estes momentos."

Andreas Hemb

Andreas Hemb | Sweden

"Uma imagem pode conter muito mais do que apenas um reflexo do que nos rodeia. Eu tento ir mais além do aspeto documental da fotografia; uma imagem deve despertar sentimentos"

Histórias relacionadas

Inscreva-se para receber a sua newsletter α Universe

Parabéns! Subscreveu a newsletter α Universe com êxito

Introduza um endereço de e-mail válido

Lamentamos! Ocorreu um erro

Parabéns! Efetuou a subscrição com êxito