Detalhe da história da Alpha Universe

Velocidade e agilidade:
a fotografar grandes corujas-lapónicas
com a Sony α9 

Floris Smeets 

A morar num local remoto da Noruega, o fotógrafo Floris Smeets tem no sangue o amor pela natureza. "Os meus pais são ambos biólogos. Os meus avós eram biólogos. A minha irmã é bióloga. O meu amor pela natureza foi incutido em mim", diz Francis. O seu primeiro amor foi sempre a natureza e através da fotografia teve a oportunidade de captar imagens das espécies que observava ao ar livre.

floris smeets sony alpha 9 silhueta da coruja-lapónica sobre a luz do amanhecer

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/8000s @ f/2.8, ISO 100

"Onde moro, há certas espécies às quais tenho fácil acesso e são todas sazonais. No outono, quando as cores estão incríveis, fotografo o almiscareiro e a rena. No inverno, a paisagem branca da neve torna-se numa tela em branco, sobre a qual fotografo o almiscareiro e, na primavera, o galo-lira aparece. Os meses de verão concentram-se sobretudo na coruja-lapónica, que cresce nas florestas perto da minha casa."

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica pousada numa árvore escondida pela folhagem

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/5000s @ f/2.8, ISO 1250

Dedicar cada estação a apenas uma espécie deu a Floris a oportunidade de conhecer pares individuais de corujas. Para captar as suas imagens incríveis, que contam tanto com a sua habilidade em campo como em fotografia, é necessário colocar-se a si e às suas câmaras Sony α9 no local certo.

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica pousada num poste a olhar atentamente para o fotógrafo

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/1600s @ f/2.8, ISO 1000

"Vou aos seus locais de caça", explica, "que são clareiras florestais antigas, com muitas árvores caídas. A seguir, tento encontrar um par que se sinta à vontade comigo a fotografar. A camuflagem da coruja é deslumbrante, mas torna-se difícil encontrá-la. Num minuto, estou parado à procura de corujas, sem ver nada e, de repente, vê-se a cabeça das corujas a virar e apercebo-me de que estiveram ali aquele tempo todo. Portanto, requer bastante exploração." Continua, "Posso deparar-me com 10 ou 20 pares antes de encontrar um com o qual possa trabalhar. A seguir, continuo só com esse par de corujas o resto da temporada para maximizar as imagens que conseguir obter."

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica com perfil de três quartos sobre um fundo amarelo

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/320s @ f/4.0, ISO 1000

Com Floris encontra-se a Sony α9, onde ele coloca a lente FE 400mm f/2.8 G Master. Transporta uma segunda câmara α9 e uma FE 100-400mm f/4.5-5.6 G Master, para quando precisar da flexibilidade de uma lente de zoom.

"Utilizei uma DSLR durante quase 20 anos antes de a trocar pela α9. Depois de experimentar a Sony α9 durante umas semanas, soube que nunca mais voltaria a usar a DSLR."

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica num galho à procura de presas

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/400s @ f/2.8, ISO 1000

Com formação em ecologia, o respeito pelos animais é muito importante para Floris. "Nunca uso isco", explica, "todas as imagens mostram os comportamentos naturais da coruja-lapónica".

Aproximar-se das corujas para captar imagens incríveis com a lente FE 400mm f/2.8 G Master, implica conhecer o habitat da coruja: "Normalmente, as corujas têm poleiros fixos onde pousam. Voam de poleiro em poleiro e frequentemente fazem rondas no ar sobre a área de caça, por isso é fácil prever onde irão a seguir. Eu coloco-me em posição e espero que a coruja venha na minha direção. Nunca chegaremos perto, se formos em direção a elas."

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica a descer à terra com as suas garras estendidas

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/1000s @ f/2.8, ISO 1600

Quando Floris se aproxima, a velocidade da Sony α9 entra em ação. A focagem automática e os 20 fps de velocidade de captação sem bloqueios permitem que Floris capture imagens incríveis de corujas-lapónicas a voar, independentemente dos obstáculos entre ele e as aves.

floris smeets sony alpha 9 coruja-lapónica levanta voo com gotas de água a borrifar do seu corpo

© Floris Smeets | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/1250s @ f/2.8, ISO 1600

"Com uma DSLR, é necessário manter um pássaro em pleno voo sempre no centro do enquadramento para que o autofocus continue a funcionar. Com os 693 pontos de AF quase por todo o sensor da Sony α9, posso definir a área de AF para Ponto expansível com o seguimento focal e sei que se o pássaro fizer um movimento repentino, o AF continuará a segui-lo", diz Floris. "Isto, combinado com a capacidade de manter a focagem, mesmo quando o animal se move por entre obstáculos, é o motivo pelo qual consigo capturar as minhas imagens e é por isso que adoro trabalhar com o meu kit Sony Alpha."

Produtos incluídos

ILCE-9

α9 equipada com um sensor CMOS empilhado full-frame

ILCE-9

SEL400F28GM

FE 400 mm F2.8 GM OSS

SEL400F28GM

Artigos relacionados

Floris Smeets
alpha universe

Floris Smeets

Noruega

A constante mudança na natureza torna a fotografia de natureza tão atraente. Pode visitar o mesmo local todos os dias e voltar sempre com uma imagem diferente.

Ver perfil


x