Focagem da imagem

Danas Macijauskas | Captar o momento perfeito

Este surfista está prestes a ser atingido por uma onda.

Tem de reagir porque a onda vai fechar-se e, quando isso acontecer, será como uma máquina de lavar gigante. Rolará durante cerca de 40 segundos debaixo de água. Vai inspirar e suster a respiração debaixo de água enquanto espera por um jet ski que o resgatará. 

Um dia antes de captar esta fotografia, um amigo falou-me deste local de surf chamado Dungeons, na Cidade do Cabo. Sabia que se aproximava uma maré de ondas gigantes, pouco habituais durante o verão na África do Sul, por isso achei que seria uma boa altura para tirar fotografias impressionantes. Não perco uma oportunidade de fotografar surf!

Não contava com ondas tão grandes. Ondas como a da fotografia são perigosas e mesmo fatais. Temos de saber o que fazemos. Se cairmos, temos de estar preparados para o que se segue. Ao mesmo tempo, é por isso que adoro estes momentos. É o ser humano a conquistar a natureza, nem que só por alguns instantes.

surfista prestes a ser atingido por onda enorme

© Danas Macijauskas | Sony α7 III + FE 70-300mm f/4.5-5.6 G OSS | 1/2000s @ f/6.3, ISO 125

Esta imagem foi captada a partir de um barco com a Sony Alpha 7 III e a lente teleobjetiva com zoom Sony 70-300mm f/4.5-5.6 G OSS. Esta é uma lente bem construída, muito nítida e versátil. Captei uma sequência completa deste surfista, desde o início até a onda se fechar e deixarmos de o ver. Todas as fotografias ficaram incrivelmente focadas. As câmaras Sony Alpha são fantásticas no rastreio dos objetos e do seu rosto. Ajudam-me muito, particularmente no meu estilo de fotografia. 

Adoro a beleza desta cena: o poder da natureza, combinado com a emoção e a coragem destes surfistas de ondas grandes. Os surfistas esperam meses por ondas destas. Não dormem na noite anterior com a ansiedade. Depois acontecem estes momentos em que surfam uma incrível onda gigante. Existe um lado assustador, no fechamento, em que, numa fração de segundo, o surfista é invadido pela emoção e pelo medo.

Adoro tudo nesta imagem e na sua história. Significa muito para mim e nunca esquecerei as pessoas que me ajudaram a voltar a fotografar. Por isso, esta é a única das minhas imagens que tenho pendurada na parede. 

Danas Macijauskas

Danas Macijauskas | Lithuania

"Tudo o que temos é o presente. Devemos encarar o passado como uma lição, o futuro como uma possibilidade e o presente como o melhor momento das nossas vidas"

Histórias relacionadas

Inscreva-se para receber a sua newsletter α Universe

Parabéns! Subscreveu a newsletter α Universe com êxito

Introduza um endereço de e-mail válido

Lamentamos! Ocorreu um erro

Parabéns! Efetuou a subscrição com êxito