Sugestões de fotografia > Captar bela iluminação

    Nível: Principiante

    LIÇÃO 17Captar bela iluminação

    Distância focal: 24 mm (equivalente a 35 mm), f-stop: 3.2, Velocidade do obturador: 1/60 segundos, Compensação de exposição: +1, utilizando filtro cruzado.

    Sempre que vir a deslumbrante iluminação de uma paisagem urbana, vai querer captá-la em fotografia. Vamos mostrar-lhe como fotografar iluminação de forma a captar todo o esplendor da cena real na fotografia. Quando estiver a fotografar, coloque a câmara no Modo A para poder personalizar a abertura. Regra geral, reduza a abertura quando pretender focar a totalidade da cena, e abra a abertura o mais possível quando pretender destacar e obter uma imagem em grande plano da iluminação ou decoração.

    Fotografar a totalidade da cena

    Ao fotografar iluminação, poderá querer captar a totalidade da cena como uma paisagem urbana ou captar grandes planos do seu objeto.

    Cena completa captada. Distância focal: 24 mm (equivalente a 35 mm), f-stop: 2.8, Velocidade do obturador: 1/60 segundos.

    Grande plano captado. Distância focal: 50 mm, f-stop: 1.8, Velocidade do obturador: 1/80 segundos.

    Regra geral, ao fotografar a totalidade da cena, tente definir a compensação da exposição, o equilíbrio de brancos e o Estilo criativo de formas semelhantes a quando fotografa de noite. Consulte também Fotografar Cenas Noturnas Dramáticas, que aborda as noções básicas de fotografar à noite.

    Definição da abertura

    Para focar a câmara na totalidade da cena, fotografe com uma abertura menor. É possível captar imagens deslumbrantes com a totalidade da cena focada se definir o valor da abertura entre f8 e f11. No entanto, se não tiver um tripé, é essencial evitar o movimento da câmara. Mesmo quando fotografar a totalidade de uma cena, abra a abertura o mais possível.

    Compensação de exposição

    Uma sugestão básica para fotografar iluminação é ajustar a luminosidade de modo a criar uma atmosfera geral. Ajustar a compensação de exposição para + cria imagens mais vibrantes, dependendo da fonte de luz e das definições da câmara.

    Compensação de exposição: 0 (quando está definida para medição multipadrão).

    Compensação de exposição: +1,3 (quando está definida para medição multipadrão).

    No entanto, como a fotografia de iluminação implica lidar com diferenças maiores entre as áreas claras e escuras do que nas cenas noturnas normais, poderá haver um contraste mais elevado e o fotógrafo poderá não conseguir captar aquilo que vê ajustando apenas a compensação de exposição. Neste caso, tente ajustar o otimizador de gama D (DRO). O DRO analisa a imagem e obtém a luminosidade ideal para cada área da imagem. Ao contrário da compensação de exposição, que aumenta ou diminui de modo uniforme a luminosidade global da imagem, esta função ajusta a luminosidade apenas nas áreas com défice ou excesso de exposição, o que é especialmente eficaz quando existe muito contraste de luz.
    Quando se fotografa iluminação, o efeito desta função torna-se evidente em níveis mais fortes (Lv3 a Lv5). No entanto, demasiada correção pode criar imagens artificiais e um ruído percetível, pelo que deve selecionar o nível ideal verificando as imagens que fotografou.

    DRO: Desligado.

    DRO: Lv5.

    Aqui, o DRO foi definido para Lv5. Quando o DRO está ligado, as áreas mais escuras ficam mais iluminadas, criando uma imagem mais fiel ao que se vê a olho nu. Outra função útil é o HDR automático, que dispara três imagens com diferentes exposições em simultâneo e, em seguida, sobrepõe essas imagens para captar tanto as áreas claras como as áreas escuras.
    Consulte o Manual do utilizador ou o Manual da câmara para aprender a utilizar o DRO e o HDR automático.

    Equilíbrio de brancos

    Se alterar o equilíbrio de brancos, pode alterar a expressão das imagens iluminadas. Embora a opção Auto WB consiga reproduzir as cores quase como as vemos, também podemos utilizar a função Luz do dia para criar uma imagem quente ou a função Incandescente para criar uma imagem fria ou etérea.

    Equilíbrio de brancos: AWB.

    Equilíbrio de brancos: Luz do sol.

    Equilíbrio de brancos: Incandescente.

    Estilo criativo

    Se, quando estiver a ajustar a compensação de exposição, o DRO e o equilíbrio de brancos não forem suficientes, pode também tentar ajustar a saturação do Estilo criativo na direção de +. Desta forma, a iluminação será mais espetacular. Recomendamos também que altere a definição de Estilo criativo. Divirta-se a explorar as muitas definições de Estilo criativo disponíveis.

    Estilo criativo: Padrão, sem ajuste de saturação.

    Estilo criativo: Padrão, saturação ajustada no sentido de +.

    Fotografar grandes planos

    Quando fotografar iluminação, procure fazer grandes planos das decorações e dos pequenos objetos que se encontrem nas proximidades. Um grande plano apenas da iluminação tem tendência a fazer realçar as lâmpadas e os fios, pelo que focar as decorações que se encontrem nas proximidades ou posicionando bem o fundo pode criar imagens fantásticas.

    (1) Fotografia ao nível dos olhos.

    (2) Fotografia de um ângulo diferente.

    Aqui está um grande plano de uma decoração de árvore de Natal. A imagem (1) foi fotografada focando apenas a decoração sem alterar o fundo. Como não há iluminação de fundo, toda a imagem está escura e o equilíbrio é mau. Na imagem (2), o ângulo da câmara foi selecionado de forma a captar outra árvore no fundo. Tem um melhor equilíbrio do que a imagem (1) e expressa de forma bonita a deslumbrante envolvência. Para desfocar o fundo o mais possível, a abertura foi aberta na totalidade. Com a exposição automática, a imagem ficava escura, pelo que a compensação da exposição foi ajustada para +. A imagem em cima à direita é uma boa imagem alternativa de um objeto principal pequeno focado e da própria iluminação como um objeto secundário na composição.

    Desfocagem da iluminação em primeiro plano. Distância focal: 70 mm (equivalente a 35 mm), f-stop: 2.8, Velocidade do obturador: 1/100 segundos.

    Pode fotografar de modo a desfocar a iluminação em primeiro plano, tal como pode fotografar de modo a desfocar a iluminação de fundo. Criar grandes pontos de desfocagem redondos na iluminação pode tornar uma imagem mágica. O tamanho e número de pontos de desfocagem redondos pode variar muito, consoante a iluminação, a distância em relação à luz e o ângulo da câmara para a fotografia. Para conseguir um melhor equilíbrio da imagem, experimente tirar várias fotografias em movimento. Se for difícil focar o motivo de fundo, utilize a focagem manual.

    (1) Distância focal: 130 mm, f-stop: 5.6, Velocidade do obturador: 1/200 segundos.

    (2) Distância focal: 91 mm, f-stop: 5.6, Velocidade do obturador: 1/125 segundos, utilizando filtro cruzado.

    Na imagem (1), foi utilizada focagem manual para ajustar a focagem e fazer tudo parecer desfocado. Trata-se de uma boa forma de captar uma imagem interessante quando o objeto é apenas a iluminação.
    Além disso, dependendo da aplicação, pode utilizar um filtro cruzado comercialmente disponível para criar uma imagem brilhante, como na imagem (2).

    Utilizar uma lente de distância focal fixa

    Com uma lente de distância focal fixa, pode criar fotografias impressionantes com o fundo ainda mais desfocado, o que funciona bem quando fotografar a iluminação. Uma lente de distância focal fixa pode captar mais luz do que uma lente de zoom, criando menos desfocagem para uma fotografia mais prática, mesmo em áreas com fraca iluminação.

    Distância focal: 55 mm/número F: 2.2/Velocidade do obturador: 1/15 s

    Esta lente fixa padrão com distância focal de 55 mm e abertura máxima de F1.8 produz o contraste e a resolução excelentes das lentes ZEISS® Sonnar para estruturas full-frame tipo E. Pode ainda criar belíssimos efeitos "bokeh" de fundo para destacar o objeto. A abertura máxima ampla e luminosa permite captar imagens sem tripé em condições de pouca luz e obter nitidez e clareza extraordinárias.

    f-stop: 1.8, Velocidade do obturador: 1/80 segundos.

    Esta lente teleobjetiva média tem uma distância focal de 75 mm (equivalente a 35 mm), que é ideal para retratos. A clara abertura de f1.8 e o novo sistema de ótica permite fotografar belas imagens desfocadas. Quando combinada com uma função de estabilização de imagem ótica, esta lente demonstra o seu poder para a fotografia portátil, mesmo em condições de pouca luz. Além disso, o motor incorporado e a focagem interna permitem uma AF suave e silenciosa, ideal para gravação de filmes. O exterior da lente é em liga de alumínio para um aspeto de alta qualidade.