Focagem da imagem

Jaakko Posti | Manhã enevoada no Roke Trail

Faço frequentemente estes trilhos perto de minha casa aqui em Rovaniemi, Finlândia, com a minha própria bicicleta de montanha. Tinha imaginado esta fotografia imensas vezes; a silhueta de um ciclista de montanha, no ar, contra o céu vazio, com as árvores a emoldurar o trilho, ajudando o espectador a focar-se na ação. Quando tive o meu amigo Niko livre para andar para mim à frente da minha câmara, sabia que era uma das fotografias que tinha de tirar.

Queria um dia cinzento e nublado para fotografar. Com um fundo plano, sabia que a forma do ciclista se destacaria contra o mesmo. Fotografei com a minha Sony Alpha 7R III e a lente Sony FE 70-200mm f/2.8 G Master OSS.

Tirei esta fotografia com uma distância focal de 70 mm para obter alguma separação entre o ciclista e as árvores e o trilho à frente. Também estava a utilizar um flash externo no modo Sincronização de alta velocidade (HSS), que corta bastante a potência do flash. Assim, aumentei a sensibilidade para ISO 800 para aproveitar melhor o flash e permitir uma velocidade do obturador de 1/1000.º de segundo e uma abertura de f/5. Estas definições de exposição congelaram a ação, ao mesmo tempo que permitiram obter algum detalhe nas áreas sombreadas. O flash foi utilizado para destacar a área a partir da qual o Niko estava a saltar e também para separá-lo do céu cinzento ao fundo.

ciclista a fazer um salto no ar © Jaakko Posti | Sony α7R III + FE 70-200mm f/2.8 GM OSS | 1/1000s @ f/5.0, ISO 800

Ao fotografar imagens de ação como esta, não se pretende repetir o movimento várias vezes. Naturalmente, ter um ciclista a saltar assim implica sempre um risco. Por isso, prefiro sempre que o motivo para voltar e tentar fotografar de novo seja o facto de o ciclista sentir que poderia fazê-lo com um estilo melhor ou com um truque diferente que melhor se adeque ao ângulo da fotografia. Não quero que tenham de voltar e fotografar de novo por causa de uma falha minha – quero que tudo esteja pronto desde a primeira tentativa. Na minha experiência, o visor eletrónico (EVF) das câmaras Sony Alpha ajuda realmente nisso. Além disso, o sensor de alta resolução de 42,4 milhões de píxeis da Sony Alpha 7R III significa que tenho uma imagem de alta resolução, o que, neste caso, significava que poderia fazer uma impressão realmente grande do Niko neste momento perfeito.

O que adoro nesta imagem é o facto de o resultado ser quase exatamente como imaginei. Grande parte das minhas fotografias são no estilo documental, pelo que geralmente não tenho a oportunidade de planear as minhas fotografias com tanta antecedência. Também foi tirada a menos de um quilómetro de distância da minha casa, por isso mostra que não é preciso viajar muito para tirar boas fotografias – estão à nossa porta se as procurarmos!

Produtos incluídos

Related stories

Inscreva-se para receber a sua newsletter α Universe

Parabéns! Subscreveu a newsletter α Universe com êxito

Introduza um endereço de e-mail válido

Lamentamos! Ocorreu um erro

Parabéns! Efetuou a subscrição com êxito