casal de noivos numa arcada em tijolo

Autenticidade em retratos de casamento

Kate Kirkman

“As fotos que tiro tornam-se memórias”, explica a fotógrafa Kate Kirkman. “O dia do casamento é o mais importante na vida de um casal e, quando se começa a pensar nesse dia, pensa-se nos momentos das fotografias e tornam-se reais. É possível recordar os sons, os cheiros, as emoções. Sem essas fotografias, essas memórias podem desvanecer-se. As fotografias funcionam como gatilhos visuais para essas memórias, por isso, o casal deposita uma enorme confiança no fotógrafo”.

noiva e noivo num campo de mãos dadas © Kate Kirkman | Sony α9 II + FE 85mm f/1.8 | 1/320s @ f/3.5, ISO 64

Para Kate, a sua fiável Sony Alpha 9 II é a peça do kit perfeita para a ajudar a capturar todas estas memórias. “É uma excelente câmara para fotografar casamentos”, explica. “Combinei-a com as lentes G Master FE 24-70 mm f/2.8, FE 135 mm f/1.8 e FE 70-200 mm f/2.8 e tenho também a lente FE 85 mm f/1.8 e a lente macro FE 50 mm f/2.8, que é ótima para capturar todos os pequenos detalhes”.

grande plano de casal de noivos de mãos dadas © Kate Kirkman | Sony α9 II + FE 85mm f/1.8 | 1/320s @ f/3.5, ISO 125

“O que os casais pretendem nas suas fotografias de casamento é autenticidade”, afirma Kate, “querem mostrar o quanto se amam, mas querem que pareça autêntico. Por isso, converso com o casal sobre dois aspetos, entre os quais o toque físico. Costumo dizer ao noivo "é preciso ficar claro que ela não é sua irmã"! O outro aspeto é a expressão e dizer ao casal para transpor a forma como se estão a sentir por dentro para as suas expressões por fora. E depois, claro, o casal tem de estar a viver aquele momento, o noivo não pode estar a pensar sobre o que vai dizer no seu discurso!”

casal de noivos a abraçarem-se numa varanda © Kate Kirkman | Sony α9 II + FE 24-70mm f/2.8 GM | 1/250s @ f/6.3, ISO 5000

Quando se tem apenas 20 minutos para capturar as fotografias necessárias, Kate tem de ser o mais rápida e flexível possível ao fotografar. Kate fotografa com o seu marido, Brent, e os dois trabalham da forma mais fluída possível para capturar o máximo possível. “Sem dúvida que a Alpha 9 II me ajuda a fotografar mais rápido e a sentir-me mais relaxada”, afirma Kate. “Sei que incentivo o casal a andar e a mover-se um pouco mais do que quando fotografava com uma DSLR; seja ao utilizar o AF de olhos, que é incrivelmente bom, ou apenas a monitorização da focagem contínua padrão, a câmara é bastante eficiente na focagem. Isso dá mais liberdade tanto ao casal como a mim, o que é fantástico, porque ajuda a tornar as imagens muito mais naturais. Posso ser criativa com distâncias focais e aberturas e não tenho de me preocupar com a possibilidade de as imagens ficarem desfocadas, esse medo desapareceu”.

casal de noivos sentado num abrigo © Kate Kirkman | Sony α9 II + FE 24-70mm f/2.8 GM | 1/2000s @ f/3.5, ISO 80

É claro que boas imagens requerem boa iluminação, por isso, Kate está sempre à procura de espaços no interior e no exterior de um local de casamento. “Sem dúvida que uma luz bonita adiciona toda uma camada adicional de beleza às imagens”, afirma ,“ficam automaticamente com um aspeto mais romântico, mas nunca podemos confiar nisso. Se a luz for muito má, introduzimos a nossa própria luz com o flash. Mas temos de trabalhar o mais rápido possível e, ainda assim, conseguir algo digno de ir para a parede do casal, que espera algo magnífico e temos que lhes proporcionar isso”.

“Tentamos economizar tempo ao fotografar em diferentes distâncias focais no mesmo ângulo ou em diferentes ângulos com a mesma distância focal”, continua Kate. “As fotografias mais amplas proporcionam mais narrativa no sentido em que mostram o espaço e o local, uma vez que são uma parte importante do dia. Como fotógrafos, podemos nem sempre adorar o cenário, mas faz parte do dia do casal. Em seguida, utilizamos distâncias focais maiores para sermos mais criativos e capturar imagens mais íntimas do casal. É aqui que utilizo a lente FE 135 mm f/1.8”.

silhueta de um casal de noivos junto ao anoitecer © Kate Kirkman | Sony α9 II + FE 24-70mm f/2.8 GM | 1/1000s @ f/3.5, ISO 80

E, finalmente, é a liberdade de poder fotografar de forma criativa que permite a Kate capturar algumas das fotografias mais íntimas. “É ótimo saber que posso ser criativa e fotografar coisas como silhuetas”, conclui, “mas com a certeza de que tenho gama dinâmica suficiente para conseguir capturar o detalhe da sombra caso queira criar um estilo completamente diferente quando estiver a editar – é fantástico poder fazer isso, especialmente quando os casamentos têm um ritmo tão acelerado e temos pouco tempo!”

Produtos incluídos

Kate Kirkman

Kate Kirkman | UK

“Persigo a luz constantemente. A luz transforma o comum em magia.” - Trent Parke
Brent Kirkman

Brent Kirkman | UK

“Persigo a luz constantemente. A luz transforma o comum em magia.” - Trent Parke

Histórias relacionadas

Inscreva-se para receber a sua newsletter α Universe

Parabéns! Subscreveu a newsletter α Universe com êxito

Introduza um endereço de e-mail válido

Lamentamos! Ocorreu um erro

Parabéns! Efetuou a subscrição com êxito