Saltar para Conteúdo

Introdução: características da câmara de vídeo explicadas

Com uma câmara de vídeo digital, pode fazer os seus próprios filmes, documentar marcos da sua vida, por exemplo, os primeiros passos do seu bebé, e criar memórias duradouras de todas as suas férias.

No entanto, para escolher a câmara certa e tirar o máximo partido dela, tem de compreender as suas características. Este guia explica alguns dos principais conceitos.

  • Escolher a resolução certa
  • Zoom digital ou ótico?
  • Formatos de compressão HD explicados
  • Opções de gravação e armazenamento dos filmes
  • Reproduzir os filmes no televisor
  • Outras características importantes ao escolher uma câmara

Escolher a resolução certa

Várias câmaras de vídeo têm a capacidade de gravar com diferentes qualidades de imagem ou resoluções.

O número de linhas horizontais é o que determina a resolução de uma imagem. Quanto mais linhas houver, mais nítida será a imagem. Por exemplo, a resolução Full HD tem 1 080 linhas horizontais.

Definição standard (SD): A resolução SD oferece 720 x 576 pixels e é a mais comum nas câmaras mais económicas. A definição standard não tem a nitidez e o detalhe do HD.

Alta definição (HD): As câmaras de vídeo Full HD proporcionam uma imagem superior quando comparadas com os modelos SD. A resolução Full HD é o padrão nos modelos de televisor atuais, com muitos canais e programas transmitidos em alta definição. É apresentado muito mais detalhe no fotograma graças aos seus 1 920 x 1 080 pixels.

4K: O 4K oferece uma resolução quatro vezes superior ao Full HD. Espere melhor saturação, cor e contraste graças aos 3 840 x 2 160 pixels. As filmagens em 4K devem ser reproduzidas num televisor 4K.



Zoom digital ou ótico?

Zoom é a capacidade de mudar o campo de visão sem mover a câmara e é uma característica importante a ter em conta na compra de uma câmara de vídeo. Quando amplia ou reduz a imagem, pode alterar a proximidade com que o objeto é apresentado, quer movendo partes das lentes propriamente ditas, quer ampliando a imagem digital.

Zoom ótico: Quando utiliza zoom ótico, a configuração dos elementos óticos nas lentes, na realidade, muda proporcionando uma distância focal diferente. O zoom ótico padrão é de 10x, o que significa que a distância focal maior é 10 vezes maior do que a mais pequena. Contudo, existem disponíveis câmaras de vídeo com gamas de zoom até 60x.

Zoom digital: Este zoom amplia até à imagem captada pelo sensor da câmara, em vez de alterar a distância focal da lente. Como a imagem original não é alterada, quanto maior for a relação de zoom, mais qualidade de imagem será sacrificada.


Formatos de compressão HD explicados

Quando grava numa câmara de vídeo, o seu filme é comprimido com o intuito de manter o tamanho do ficheiro gerível. A qualidade do filme gravado é, em geral, determinada pela taxa de bits, medida em megabits por segundo (Mbps). Quanto maior for a taxa, melhor é a qualidade e maior será o ficheiro obtido.

Existem vários formatos de compressão disponíveis.

HDV: O formato HD original para câmaras de vídeo digitais – compatível com o formato DV tradicional baseado em fita. Este grava em resolução Full HD, mas usa compressão MPEG-2. Atualmente, não são fabricadas muitas câmaras HDV para o consumidor comum; estas são maioritariamente fabricadas para profissionais.

AVCHD: O padrão atual para a gravação e reprodução de filmagem em Full HD nas câmaras de vídeo dos consumidores comuns. AVCHD:

  • Grava em Full HD, mas tem uma taxa de compressão maior do que o HDV, e utiliza um método de compressão denominado MPEG-4/H.264
  • Grava vídeo HD sem utilizar demasiada memória
  • Utiliza 1 GB para gravar 30 minutos de filmagem

XAVC: Este formato foi concebido para suportar câmaras de vídeo 4K. Com ele, os realizadores controlam o tamanho e a qualidade dos ficheiros 4K. O 4K pode atingir uma taxa de bits de 960 Mbps, mas poderá reduzir este valor para menos de 100 Mbps com o XAVC.

O XAVC não é exclusivo para 4K. Também suporta Full HD.


Opções de gravação e armazenamento dos filmes

Quando faz filmes caseiros, estes são gravados digitalmente num disco rígido interno ou num cartão de memória.

Unidade de disco rígido: Grave a sua filmagem diretamente na câmara escolhendo um modelo que inclua uma unidade de disco rígido interna. Existem dois tipos de armazenamento interno:

  • Disco rígido: um disco rígido padrão. Oferece uma grande quantidade de espaço de armazenamento, mas é mais pesado e contém peças em movimento.
  • Flash: Armazenamento mais leve e rápido que não contém peças em movimento, mas oferece menos espaço.

Cartões de memória: Grave os seus filmes num pequeno cartão de memória que caiba numa ranhura da câmara. A velocidade do cartão é importante: Para Full HD com som, será necessário um cartão mais rápido do que para vídeo SD sem som.

O desempenho de um cartão depende dos seguintes fatores:

Armazenamento de dados: Medido em gigabytes, a quantidade que um cartão pode armazenar.

Velocidade do cartão: Com que rapidez o cartão consegue gravar os dados. A velocidade é medida em MBps – megabytes por segundo (em contraposição com megabits por segundo que é a taxa de bits original da gravação). Os cartões estão agrupados em classes do seguinte modo:

Enlarge image

Criar e editar uma biblioteca com o PlayMemories: Pode armazenar os seus vídeos de uma forma segura online com o PlayMemories da Sony. Aceda facilmente às memórias que tanto estima e organize-as na sua própria biblioteca pessoal. Visualize-as num portátil, tablet ou televisor com uma simples sincronização sem fios.

Saiba como transferir vídeos SD de uma câmara de vídeo DV ou Digital8 para o seu PC
Saiba como transferir vídeos SD de uma câmara de vídeo DV ou Digital8 para o seu Mac


Reproduzir os filmes no televisor

Pode ligar a sua câmara de vídeo digital ao televisor e assistir a filmes num ecrã maior efetuando apenas alguns passos.

  1. Ligue o cabo HDMI à porta HDMI OUT da câmara de vídeo
  2. Ligue a outra extremidade do cabo à porta HDMI IN do televisor
  3. Reproduza o filme na câmara e este será apresentado no televisor

Saiba mais informações sobre como reproduzir filmes no televisor


Outras características importantes ao escolher uma câmara

Lente grande angular: Algumas câmaras de vídeo estão equipadas com uma lente grande angular, perfeita para gravar imagens panorâmicas arrebatadoras de colinas e montanhas ou lugares de interesse histórico. Uma lente grande angular também é excelente para filmar grupos de pessoas ou gravar em pequenos espaços.
Enlarge image

Sensor: O sensor é a parte da câmara que é exposta à luz para captar uma imagem digital. Quanto maior for o sensor da câmara de vídeo, mais detalhe conseguirá captar. Um sensor de alta qualidade, como o Exmor R CMOS de muitas câmaras da Sony, captará imagens ricas e detalhadas mesmo com pouca luz ou a gravar num espaço interior.


Estabilização da imagem ótica: Ao mexer o braço ou a mão, mesmo que ligeiramente, pode provocar um movimento da câmara. A estabilização ótica irá ajudar a manter a filmagem estável e sem desfocagem. O Sony Balanced Optical SteadyShot foi concebido para proporcionar uma gravação incrivelmente estável.