ID do artigo : 00192850 / Última modificação : 29-03-2019

Qual é a relação entre a abertura, a velocidade do obturador e o ISO?

    Dois controlos afetam a quantidade de luz que entra na câmara e incide sobre o sensor de imagem – abertura e velocidade do obturador. O ISO afeta a quantidade de luz que é necessária para produzir uma exposição correta.

    Abertura
    A abertura da lente é um diafragma que se encontra na própria lente ou imediatamente atrás desta. Afeta a quantidade de luz que atravessa a lente e é geralmente composta por um conjunto de lâminas que abrem ou fecham consoante a definição de abertura selecionada. As definições de abertura são habitualmente designadas por f-stops e apresentam uma sequência numérica específica, como por exemplo: F5.6, F7.1, F8, F11 e assim sucessivamente. As definições de f-stop mais baixas (tais como F5.6) têm uma abertura do diafragma maior, permitindo que mais luz atravesse a lente. Por outro lado, as definições de f-stop superiores (como a F11) dispõem de uma abertura do diafragma menor, permitindo que menos luz atravesse a lente.

    Imagem

    IMPORTANTE: A alteração da abertura também afeta a profundidade de campo .

    Velocidade do obturador
    A velocidade do obturador também pode afetar a quantidade de luz que entra na câmara, controlando o tempo durante o qual o obturador da câmara permanece aberto. Quanto mais tempo o obturador da câmara estiver aberto, mais luz entra na câmara; isto é conseguido utilizando velocidades do obturador mais lentas (como por exemplo, 1/60). Se o obturador da câmara estiver aberto por um período de tempo inferior, menos luz entra na câmara; isto é conseguido utilizando velocidades do obturador mais rápidas (como, por exemplo, 1/250 ou ainda mais rápidas). As velocidades do obturador variam de frações de segundo a vários segundos de duração.

    Imagem

    IMPORTANTE: A alteração da velocidade do obturador também afeta a desfocagem causada pelo movimento .

    NOTA: Existe uma relação recíproca entre velocidade do obturador e abertura. Pode obter a mesma quantidade de luz se alterar a velocidade do obturador e as definições de abertura em quantidades equivalentes. Por exemplo, 1/30 a F5.6 é o mesmo que 1/8 a F11. Essencialmente, utilizando uma velocidade do obturador rápida com uma abertura ampla, pode fornecer a mesma quantidade de luz ao sensor de imagem que se utilizar uma velocidade do obturador lenta com uma abertura estreita.

    Imagem

    ISO
    O ISO determina a sensibilidade do sensor da câmara à luz. Um número de ISO superior aumenta a sensibilidade; isto significa que é necessária menos luz para produzir uma exposição correta. Um número de ISO inferior diminui a sensibilidade e requer mais luz para produzir uma exposição correta. Por conseguinte, em ambientes bem iluminados, deve ser utilizado um ISO inferior (200 ou inferior). Ao fotografar em situações de pouca luz, é recomendado um valor de ISO superior (400 ou superior). Pode também ser necessário utilizar uma definição ISO superior quando estiver a fotografar com uma abertura estreita ou uma velocidade do obturador elevada, uma vez que uma abertura estreita e uma velocidade do obturador elevada reduzem a quantidade de luz que incide sobre o sensor de imagem.