o nascer do sol numa zona lodosa nos países baixos

A mais recente lente G Master: 12-24mm f/2.8 GM

Albert Dros e Michael Schaake

Prosseguindo a sua expansão de lentes G Master, a Sony introduziu a FE 12-24mm f/2.8 G Master, a lente de zoom* de abertura f/2.8 com o maior ângulo do mundo.

sony fe 12-24mm F2-8 G Master Zoom

O design totalmente novo possui três elementos XA (extremamente asféricos) para uma resolução impressionante, bem como dois elementos de vidro super ED e três elementos de vidro super ED que proporcionam uma elevada resolução de um canto ao outro e um belo bokeh. Quatro motores XD (Dinâmicos extremos) Lineares proporcionam uma focagem mais rápida e precisa do que as lentes convencionais, tanto para fotografia como videografia. Os aclamados fotógrafos paisagísticos e Embaixadores de Imagem da Sony Michael Schaake e Albert Dros tiveram a amabilidade de experimentar a lente antes do seu lançamento e partilharam a sua opinião connosco. Albert Dros "As condições nos Países Baixos eram ideais, o que me permitiu experimentar a lente em várias condições e cenários diferentes. Peguei na minha fiel Alpha 7R IV e fui explorar."

Comecei nesta localidade pitoresca de Amesterdão, totalmente vazia e fechada devido à Covid, e este é um excelente exemplo do melhor da 12mm. A nitidez desta lente, especialmente nas extremidades, é incrível.
vista de calçada em amesterdão ao anoitecer

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 4s @ f/8.0, ISO 200

"Visitei o belo edifício da câmara municipal de Nieuwegein. É um edifício muito moderno, por dentro e por fora e achei que seria o modelo perfeito para fotografias grande angular. Uma função que considero útil nestas situações é o ecrã rebatível para fora na minha Alpha 7R IV. Por vezes, vagueio enquanto olho para o ecrã, apontando e rodando a câmara até encontrar uma composição que me agrada."

o exterior da câmara municipal de nieuwegein

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/320s @ f/10.0, ISO 100

o interior da câmara municipal de nieuwegein

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/30s @ f/11.0, ISO 100

"Com uma previsão de tempestade, fui até ao campo, esperando captar céus dramáticos. Para esta fotografia do moinho, tirei uma panorâmica (manual) rápida. A nuvem da tempestade que se avizinhava reflete perfeitamente o pequeno ribeiro em primeiro plano. O que mais gosto nesta fotografia é o facto de parecer uma perspetiva olho de peixe devido ao panorama."

vista panorâmica de um moinho nos países baixos com céu tempestuoso dramático como fundo

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/50s @ f/5.6, ISO 320

"Depois da tempestade, tirei esta fotografia de um campo de papoilas ao pôr do sol."

uma plantação de papoilas nos países baixos depois de um temporal

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/13s @ f/11.0, ISO 200

"Também houve manhãs belíssimas e consegui levantar-me às 3 da amanhã para me dirigir à floresta, um dos meus locais favoritos para fotografar. Costumo utilizar uma lente muito mais comprida nestas situações, mas queria experimentar a 12-24mm e obrigar-me a usá-la proporcionou resultados interessantes."

a luz do sol a irromper entre as árvores numa floresta nos países baixos

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 0.6s @ f/11.0, ISO 100

Utilizo por vezes uma técnica chamada "empilhamento de focagem", em que me aproximo muito de um objeto e utilizo várias imagens com diferentes pontos de focagem para focar toda a imagem, de trás para a frente. Esta fotografia foi uma combinação de três imagens captadas a f/22 e consegui obter uma nitidez perfeita em todo o enquadramento.
uma árvore caída repleta de musgo numa floresta nos países baixos

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 2.5s @ f/22, ISO 100

"Igualmente importante foi poder fotografar paisagens de estrelas. Fotografar a via láctea nos Países Baixos é quase impossível devido à grande poluição luminosa, mas existem locais onde esta poluição ainda é relativamente baixa em comparação com o resto do país.

"O maior desafio, no entanto, foi ter escolhido o dia mais longo do ano, em que não há sequer escuridão pura!"

a via láctea visível no céu sobre amesterdão com uma árvore morta em primeiro plano

© Albert Dros | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 20s @ f/2.8, ISO 3200

"Esta fotografia foi tirada com grande angular a f/2.8 e fiquei particularmente impressionado com a nitidez das estrelas. Um aspeto que devo referir é que o brilho vermelho-laranja que se vê no horizonte não é da luz do sol, mas sim da poluição luminosa da cidade."

Resumidamente, a minha opinião inicial é esta:

sony FE1224GM ao lado da sony FE 1224G para comparação

Como vê, a versão f/2.8 não é muito maior do que a versão f/4

"Tive a oportunidade de experimentar a nova lente 12-24mm f/2.8 G Master durante alguns dias e fiquei logo impressionado com a sólida qualidade de construção. Com um peso de 847 gramas, não se pode dizer que seja leve, mas é bem conjugada com a Alpha 7R IV na mão, e possui um elemento de lente frontal grande e curvo que não esperava!

"O elemento frontal grande dificulta a utilização de filtros (embora exista a opção de usar filtros traseiros tipo gelatina),mas não vi sinais de brilho ou efeito fantasma, o que revela a grande qualidade do revestimento que a Sony concebeu especificamente para esta lente."

Esta imagem apresenta uma cena muito contrastante, captada diretamente contra o sol. Vemos um sol pequenino na água e não se vê brilho.
uma vista de grande angular ao longo de um lago com o sol visível através de nuvens que anunciam uma tempestade dramática

© Michael Schaake | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/1250s @ f/8.0, ISO 100

"Fotografei com diferentes aberturas, entre f/2.8 e f/22 e apenas notei uma ligeira redução de nitidez a partir de f/18, o que seria de esperar. Com a grande abertura de f/2.8, a nitidez era perfeita e não hesitaria em usá-la em condições de pouca luz."

imagem a preto e branco de uma árvore solitária em contraste com um céu limpo com nuvens fofas

© Michael Schaake | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/1250s @ f/2.8, ISO 100

"Nesta fotografia, quis utilizar uma exposição longa para suavizar a água e, porque não podia utilizar um filtro ND, tive de fotografar a f/22 (o que costumo evitar), mas a nitidez é excelente."

um rio com uma corrente rápida captada em câmara lenta contra as rochas

© Michael Schaake | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1s @ f/22, ISO 50

"A minha lente principal para fotografia de paisagem é a FE 16-35mm f/4 ZA OSS, com a qual estou muito satisfeito, mas a distância focal de grande angular alargada proporcionou-me uma nova perspetiva que me agradou muito."

céu azul com nuvens visto de baixo para cima entre caules de cevada

© Michael Schaake | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1s @ f/22, ISO 50

a-wooden-path-leads-off-across-a-field-with-dramatic-skies-above

© Michael Schaake | Sony α7R IV + FE 12-24mm f/2.8 GM | 1/1250s @ f/2.8, ISO 100

"No geral, estou extremamente impressionado com esta lente e o alcance da sua distância focal inspirou certamente a minha criatividade nas cenas que fotografei." *Em comparação com as lentes de zoom f/2.8 constante intercambiáveis para câmaras digitais full-frame. A julho de 2020.

Produtos incluídos

Albert Dros

Albert Dros | Países Baixos

"Sou obcecado pela fotografia perfeita"
Michael Schaake

Michael Schaake | Alemanha

“Desfrutar do momento e contemplar a beleza dramática da natureza pode ser uma experiência inspiradora e muito pessoal. Ao partilhar as minhas imagens, espero transportar as outras pessoas comigo nesta viagem."

Inscreva-se para receber a sua newsletter α Universe

Parabéns! Subscreveu a newsletter α Universe com êxito

Introduza um endereço de e-mail válido

Lamentamos! Ocorreu um erro

Parabéns! Efetuou a subscrição com êxito