Detalhe da história da Alpha Universe

Como tiro fotografias | Râguebi em ação com Terry Donnelly

A minha motivação em tirar fotografias desportivas nasce das diferentes narrativas que podem fazer parte de cada evento. Embora seja a parte fulcral, não se trata apenas daquilo que acontece no campo: há tantas histórias para contar.

Mas como posso contar estas histórias através da fotografia? Cito apenas algumas sugestões.

Introdução

Independentemente do desporto que queira fotografar, para ser bem-sucedido, é essencial que conheça o desporto em si e de que forma o jogo se pode desenrolar. Tem de ser capaz de antecipar a ação do jogo e estar preparado para tirar uma fotografia fantástica quando a oportunidade surgir, pois só terá uma oportunidade de captar um golo ou um ensaio.

terry donnelly sony alpha 7RIII fotografia grande angular de um campo de râguebi antes do jogo com chamas a serem projetadas para o ar nas linhas laterais

© Terry Donnelly | Sony α9 + FE 12-24mm f/4 G | 1/500s @ f/4.5, ISO 2000

Com desportos tão rápidos como o râguebi, simplesmente não há tempo para pensar em mudar as definições da câmara ou decidir com qual das lentes fotografar - tem de ser quase um instinto natural e que surge com o conhecimento do jogo, do equipamento e com a experiência. Se está a começar, o melhor é começar do início. Escolha um desporto de que goste e comece por conhecer o seu equipamento ao praticar vezes e vezes sem conta.

terry donnelly sony alpha 9 jogador de râguebi a saltar no ar enquanto coloca a bola para um ensaio

© Terry Donnelly | Sony α9 + FE 70-200mm f/2.8 GM OSS | 1/2000s @ f/2.8, ISO 640

Conseguir grandes imagens

Durante um jogo, procuro sempre momentos individuais que contem uma história e tornem as imagens mediáticas. Por exemplo, quando fotografo râguebi, procuro ensaios acrobáticos, celebrações emotivas, placagens culminantes – todas estas fotografias resultam em imagens fantásticas que funcionam tanto para as redes sociais como para os jornais.

Para conseguir grandes imagens, é preciso garantir que se encontra na posição certa. Isto dependerá, em grande parte, das restrições do estádio, mas também de ter um interesse especial por um clube ou por um determinado jogador. Por exemplo, se houver um jogador cuja participação seja a 100.ª ou possa vir a alcançar um novo objetivo num jogo, certifico-me de que presto especial atenção à posição e ao ângulo do qual estou a fotografar para conseguir aquela fotografia espetacular.

terry donnelly sony alpha 9 dois jogadores adversários placam um jogador de râguebi que tenta fazer uma jogada

© Terry Donnelly | Sony α9 + FE 70-200mm f/2.8 GM OSS | 1/3200s @ f/2.8, ISO 640

Possuir o kit certo

As minhas configurações normais são a α9 e α7R III. A α9 é a peça do meu kit que “capta tudo” e utilizo-a principalmente com as Ientes FE 400 f/2.8 G Master e FE 70-200 f/2.8 G Master que captam ação a alta velocidade.

Utilizo a α7R III para fotografias grande angular e as lentes FE 16-35 f/2.8 G Master ou FE 24-7mm f/2.8 G Master, consoante o estádio em que me encontro e o tipo de fotografia que pretendo. Às vezes, também uso a α7R III para fotografar remotamente, colocando-a atrás de uma baliza ou de uma linha de ensaio para captar a ação principal.

Com estas lentes, estou preparado para cobrir toda a ação, esteja onde estiver.

terry donnelly sony alpha 9 jogador de râguebi a correr com a bola com um olhar determinado no rosto

© Terry Donnelly | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/2000s @ f/2.8, ISO 1600

Utilizar as definições certas

Para tirar fotografias, uso sempre a exposição manual. Faço uma leitura da exposição da relva no centro do campo antes do jogo e depois bloqueio a exposição para a pretendida, pelo que a exposição das minhas é consistente ao longo do jogo.

Ao fotografar um desporto tão rápido, o modo autofocus contínuo é útil para me ajudar a conseguir as fotografias supernítidas que pretendo. Também uso a focagem de botão anterior, com a focagem desativada no botão de libertação do obturador e, assim, o botão de libertação dispara apenas o obturador e o botão traseiro, normalmente o AE-L, ativa o AF da câmara. Assim, não existe atraso no disparo do obturador ao premir o botão do obturador.

terry donnelly sony alpha 9 jogador de râguebi a correr com a bola

© Terry Donnelly | Sony α9 + FE 400mm f/2.8 GM OSS | 1/3200s @ f/2.8, ISO 200

Por fim, o objetivo é fotografar a 20 fps ao focar a ação. Pessoalmente, significa que tenho muito mais oportunidades de captar uma fotografia perfeita num momento de auge. Captar a bola na fotografia é essencial, ou uma grande emoção – se não conseguir, o momento não se repete. Se não conseguir fazê-lo, todo o esforço foi em vão.

Produtos incluídos

ILCE-9

α9 equipada com um sensor CMOS empilhado full-frame

ILCE-9

ILCE-7RM3

Câmara full-frame α7R III de 35 mm com focagem automática

ILCE-7RM3

SEL1224G

FE 12-24mm F4 G

SEL1224G

SEL70200GM

FE 70-200mm F2.8 GM OSS

SEL70200GM

SEL400F28GM

FE 400 mm F2.8 GM OSS

SEL400F28GM

Artigos relacionados

Terry Donnelly
Alpha Universe

Terry Donnelly

Reino Unido

"Embora faça diferentes géneros de fotografia, consigo estabelecer pontes entre estilos, o que torna a minha obra mais forte. Sempre apreciei vários géneros de fotografia e acredito que devemos fotografar aquilo de que mais gostamos, pois é assim que crescemos."

Ver perfil

x