Aprendizagem profunda 

Alexis Rosenfeld

"Uma boa fotografia subaquática cativa o observador e transmite conhecimento", explica Alexis Rosenfeld, acrescentando que saberemos que é perfeita quando: "intriga as crianças e estas querem fazer muitas perguntas sobre ela!". Recuando algumas décadas, Alexis era uma dessas crianças, a sorver o mundo subaquático e as explorações de Jacques Cousteau. "Era o passaporte que precisava para vislumbrar o extraordinário", recorda, "ir a lugares considerados inacessíveis e trazer de volta histórias fascinantes para contar".

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-brightly-coloured-fish-swimming-above-a-bed-of-coral.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/80s @ f/8,0, ISO 400

Este novo mundo cedo tornou-se numa fonte de enorme conforto para Alexis. "Sou uma pessoa particularmente impaciente, o que choca com a primeira qualidade que um fotógrafo deve ter", ri-se, "mas assim que estou debaixo de água, tenho tempo e tudo fica mais calmo. Gosto de imaginar uma fotografia, o seu enquadramento, a sua composição e aguardar até que surja a combinação. O processo é semelhante com os animais, tirar uma boa fotografia do seu comportamento é um grande motivo de orgulho".

Alexis começou a treinar mergulho aos oito anos, o que foi fundamental para chegar a este ponto. "Tornar-me um fotógrafo subaquático profissional significou aprender a mergulhar a um nível muito bom, afirma, "uma vez que o mergulho é tão técnico, temos de o dominar por completo. Só depois é que nos podemos dedicar exclusivamente à fotografia."

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-diver-inspects-a-piece-of-white-coral-underwater.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/50s @ f/14, ISO 400

Enquanto fotojornalista, é um papel ainda mais exigente, uma vez que Alexis não está à procura apenas de fotografias esteticamente agradáveis. "Não posso ficar satisfeito com apenas uma fotografia para contar uma história", explica. "Por vezes, os meus projetos duram vários meses ou anos, pelo que a primeira fotografia deve ser consistente com a última. Juntas, contam uma história que o leitor deve ser capaz de compreender sem ler o texto."

No seu projeto mais recente, "Recifes de Corais, Coração do Oceano", Alexis está a contar a história de um ecossistema ameaçado. "Esta ilustra a beleza, a biodiversidade e as ameaças deste ambiente extraordinário. Estava realmente motivado por este projeto quando descobri que uma em três espécies marinhas provém de recifes de corais."

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-a-tree-like-piece-of-coral-illuminated-by-flash-with-a-deep-blue-sea-behind.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/200s @ f/11, ISO 400

Então, o que é que Alexis acha da fotografia subaquática? O ambiente subaquático representa alguns desafios fotográficos significativos, simplesmente porque é mais difícil fotografar dentro de água do que ao ar. "Existem quatro desvantagens principais:", explica Alexis, "absorve a luz, faz com que as cores desapareçam, transporta partículas suspensas que toldam a visão e comporta-se como uma lente ótica adicional". Parece difícil, mas Alexis emprega várias técnicas para ultrapassar os desafios. "A minha iluminação permite-me evitar as partículas o máximo possível e um bom flash subaquático recupera as cores", afirma. "Também fotografo em ângulos muito amplos para reduzir a quantidade de água entre a câmara e o objeto."

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-a-shoal-of-yellow-and-blue-fish-swimming-through-a-bed-of-coral.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/125s @ f/14, ISO 800

A câmara α7R II da Sony de Alexis também ajuda debaixo das ondas. "Muitas das fotografias do projeto «Recifes de Corais» não poderiam ter sido tiradas com equipamento mais antigo ou diferente", explica, "e, em especial, isto deve-se à qualidade dos sensores e à gama dinâmica e ao desempenho dos ISOs elevados". Os sensores, aponta, "são especialmente adequados para fotografia subaquática e permitem uma representação muito fiel do mundo subaquático. Assim que mergulhamos nas profundezas, a luz do sol é abafada e, por isso, trabalho frequentemente com ISO 1600 ou superior. Também utilizo a α7R III para fotografias subaquáticas e o AF de ambas as câmaras funciona muito bem debaixo de água, tornando possível focar os peixes e mamíferos marinhos mesmo quando realizam movimentos rápidos e imprevisíveis".

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-a-lone-ray-swims-against-a-deep-blue-backdrop-dappled-with-sunlight.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/160s @ f/13, ISO 400

"Tenho utilizado material da Sony há 4 anos", continua, "e nas estruturas tenho as lentes FE 16–35mm f/2.8 G Master, FE 12–24mm f/4 G, FE 90mm f/2.8 Macro G OSS e FE 100–400mm f/4.5–5.6 OSS G Master. Para as proteger, trabalho com estojos feitos na Suíça, com portas de vidro ótico e os estojos são impermeáveis até 200 m. Uma vez que os estojos são feitos à medida, todos os controlos estão disponíveis e permitem-me gerir o funcionamento da câmara. Sem a combinação disto com o desempenho e manuseamento da Alpha, não poderia definitivamente trabalhar a grande profundidade com tanta facilidade."

alexis-rosenfeld-sony-A7RM2-a-lone-diver-dwarfed-by-a-huge-elaborate-underwater-rock-formation.jpg

© Alexis Rosenfeld | Sony α7R II + FE 16-35mm f/4 ZA OSS | 1/160s @ f/11, ISO 400

Apesar de a sua técnica e o equipamento de fotografia tornarem a captação de fotografias o mais simples possível, Alexis não parece querer uma vida simples. Caso contrário, perder-se-ia o sentido de desafio? "Sim", concorda, "no dia em que me sinta confortável a trabalhar debaixo de água, paro. Não teria mais nada para aprender. Cada mergulho é uma nova experiência de aprendizagem de um ponto de vista técnico e da compreensão do ambiente. As luzes, o comportamento dos animais, a cor da água muda... é uma mistura de coisas que a tornam tão especial e rapidamente percebemos que nunca podemos fazer o mesmo mergulho duas vezes."

Produtos incluídos
ILCE-7RM2
α7R II com sensor de imagem full-frame com retroiluminação

ILCE-7RM2

SEL1635Z
Vario-Tessar® T* FE 16-35 mm F4 ZA OSS

SEL1635Z

Artigos relacionados
Alexis Rosenfeld
alpha universe

Alexis Rosenfeld

França

Sob a superfície, outro mundo: o meu universo, onde tudo se parece com um conto de fadas e nos tira o fôlego. Quero mostrar como estou deslumbrado diante deste mundo frágil através das minhas explorações submarinas.

Ver perfil

Detalhe da história da Alpha Universe


x